pregnant-women-395151_960_720

Acho que não vou conseguir…

Acho que não vou conseguir…

Você já pensou ou falou esta frase?

É muito provável que sim, mas tenho a certeza que pelo menos uma vez em sua vida você já ouviu isto.

Não sou capaz, isto é muito prá mim, sempre serei pobre, e muitas outras frasem surgem quase que instantaneamente durante nosso dia.

Pois é, de onde vem estes pensamentos? Como eles são gerados? Quando foram criados?

De onde vem nossos pensamentos?

Em minha opinião existem só duas formas deles acontecerem: Ou vem de nossos pensamentos ou de alguém nos influenciando.

Quando eles vêm dos nossos pensamentos precisamos olhar um pouco para nossa infância. Como fomos criados? Quais os pensamentos da mãe, do pai, ou de quem mais passava o tempo conosco?

Somos programados desde que somos concebidos pelos nossos pais. Se você acredita em vidas passadas pode até estar pensando que pode vir de muito antes, mas vamos focar nesta vida.

O que pode acontecer dentro da barriga da mamãe?

Normalmente o início de uma união é um ritual de passagem, coisas novas e desconhecidas passam a acontecer. Quando as coisas são planejadas já é complexa a alteração do ritmo de vida, quando não, fica quase uma aventura, sujeita a chuvas, trovoadas, tufões e tempestades.

Imagine um filho chegando na vida de um casal. Imagine este casal não ter planejado isto e de repente descobre. Agora, tempere com dívidas, desemprego, incertezas econômicas do país e o que mais quiser imaginar.

Como acha que a mãe deve estar se sentindo? Será que o bebê sente? Diversas pesquisas revelam que os bebês sentem as emoções, o stress, o amor, o medo e tudo o que a mamãe vivencia.

É possivel acessar as memórias da fase intrauterina?

No consultório, diante de tantas regressões feitas, sou testemunha de como os sentimentos da mãe, também do pai e do ambiente, são transmitidas e programadas na mente daquele bebê.

Culpas, sentimento de rejeição e medos são sentimentos comuns detectados durante a regressão no período intrauterino.

Uma boa forma de saber se estes sentimentos podem ter sido gerados na gestação é conversar com sua mãe. Perguntar a ela como foi a gestação, no que ela pensava, se tinha medo do futuro. Se havia brigas do casal, enfim, como foi este período para ela.

Logicamente que nosso desenvolvimento na infância também vai impactar em nossa vida, então a vida intrauterina é só um estágio e nele tudo pode ter acontecido em harmonia.

A terapia regressiva tem como objetivo principal a compreensão dos males que nos tornam infelizes ou nos atrapalham a atingir nossos objetivos.

Mas e se a causa for externa, de outras pessoas? Como isto vai funcionar?

Sei que posso ser influenciado por pessoas, mas é possível também receber influências espirituais e de pensamentos?

Este assunto deixarei para um outro artigo, mas adianto que nunca imaginei que isto seria possível, até que…

Murillo Cucatto

2 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta para Elisa Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>