Hipnose e Regressão | Casos Reais

Casos Reais

👤

Cliente - CV

IDADE: 40
Sexo: FEM

QUEIXA: TRANSTORNO DE ESTRESSE PÓS-TRAUMÁTICO – MEDO DE DIRIGIR– Cliente havia sofrido assalto relâmpago há 15 dias quando chegava a sua casa, sendo o seu carro furtado. Tinha a sensação de perseguição e de que alguém sempre apontava uma arma para sua cabeça.

PROCESSO UTILIZADO: Regressão e reprogramação mental – uso de técnicas de hipnose clássica e Programação Neuro Lingüística.

QUANTIDADE DE SESSÕES: 01 (uma). Obs.: cliente já havia feito terapia anteriormente e por este motivo já tinha signo sinal, tendo alcançado o estado de hipnose profunda na primeira sessão.

RESULTADO: Após a sessão cliente retornou dirigindo sem sensação de perseguição e medo. Dois anos após sem recorrência.

👤

Cliente - C.R.S

IDADE: 42 Sexo: FEM

QUEIXA: DEPRESSÃO – BIPOLAR – PÂNICO– Tratamento há 15 anos sem muito sucesso com tratamentos convencionas, por médicos, psicólogos e psiquiatras.

PROCESSO UTILIZADO: Regressão e reprogramação mental – uso de técnicas de hipnose clássica e Programação Neuro Lingüística.

QUANTIDADE DE SESSÕES: 05 (cinco).

RESULTADO: Todos os diagnósticos acima foram feitos por médicos e psiquiatras. NÃO FORAM ABANDONADOS OS TRATAMENTOS MÉDICOS E MEDICAMENTOS. O psiquiatra foi comunicado pela paciente que a mesma estava participando de uma terapia complementar, sendo que o mesmo foi favorável. Logo na primeira sessão a cliente enfatizou que há quinze anos não conseguia relaxar como naquele dia. Após a terceira sessão o médico evidenciou uma melhora de 70% no quadro. Após o término das 5 sessões cliente decidiu interromper as terapias alegando já se sentir bem para prosseguir sozinha. Após três meses da última consulta, foi feito contato com a cliente que informou que por orientação médica reduziu a quantidade de medicamentos a condições mínimas. Após um ano, feito contato com a paciente que comunicou estar perfeitamente bem e agradecida.

👤

Cliente - J.R.P

IDADE: 35 Sexo: FEM

QUEIXA: PERSEGUIÇÃO DE ESPIRITOS – IMAGENS A PERTURBAR NO SONO– tinha problemas de relacionamento com o marido, o mesmo a traia e após algumas pessoas e um líder religioso lhe falarem que havia sido feito um trabalho espiritual, a cliente começou a ver coisas e ser assombrada por elas.

PROCESSO UTILIZADO: Regressão e reprogramação mental – uso de técnicas de hipnose clássica e Programação Neuro Lingüística.

QUANTIDADE DE SESSÕES: 06 (seis).

RESULTADO: Após ter sido detectada a influência de terceiros induzindo a cliente a ter visões iniciou-se o processo com eliminação de traumas, aumento de auto-estima, autoconfiança e eliminação de bloqueios. Após cinco anos cliente teve apenas uma recorrência côo autodomínio quando da ocorrência do fato.

👤

Cliente - R.R.C

IDADE: 13 Sexo: MASC.

QUEIXA: PROBLEMAS NO ESTUDO– Notas baixas, baixo rendimento nos estudos.

PROCESSO UTILIZADO: Programação mental – uso de técnicas de hipnose clássica e Programação Neuro Lingüística.

QUANTIDADE DE SESSÕES: 03 (três).

RESULTADO: Foi identificado que o cliente era dispersivo e não conseguia ter concentração durante as aulas. Tinha pouca motivação para estudar e ir à escola. Após a primeira sessão o cliente começou a sentir mais vontade de ir às aulas e sentiu-se mais seguro para enfrentar as situações do dia a dia. Suas notas que eram abaixo da média passaram a ser pouco maiores que a média. No final do ano o aluno passou por média sem necessidade de recuperação.

👤

CASO CLÍNICO - TRAUMA DE VESTIBULAR

Terapeuta: Prof. Glenan Singi

Apresentação: C.S.S, Sexo feminino, 22 anos, vestibulanda

Sinais e sintomas: abatimento e insegurança

Queixa principal: ansiedade e medo de ser novamente reprovada no vestibular

Desenvolvimento: C.S.S, procurou-nos, por indicação de sua mãe, dizendo-nos estar angustiada por ter que enfrentar novamente o vestibular da Universidade Federal de Alfenas-UNIFAL-MG para o curso de Odontologia. Vivia diariamente o trauma de já ter sido reprovada 3 vezes consecutivas, apesar de estudar muito e estar bem preparada. Seu maior medo era de, na hora das provas, esquecer o que tinha estudado, como houvera acontecido das outras vezes. Sua fala era arrastada e fraca, demonstrando grande pessimismo.

Dissemos à paciente que iríamos lhe aplicar a hipnose condicionativa, que é o método desenvolvido pelo Prof. Luiz Carlos Crozera, com grande aceitação no Brasil e no exterior.

http://hipnoseeregressao.org/plugins/editors/jce/tiny_mce/plugins/readmore/img/trans.gifExplicamos-lhe os passos da hipnose condicionativa, a fim de dar-lhe segurança e criarmos um bom “rapport”. Iniciamos pelo relaxamento completo, tendo obtido rapidamente o sono terapêutico. Trabalhamos a ansiedade e a autoconfiança, os traumas dos três vestibulares anteriores. Fizemos o chaveamento mental e estabelecemos vários gatilhos condicionados para serem disparados imediatamente antes e durante as provas. Esses gatilhos foram direcionados para a calma, a paciência, a autoconfiança, a facilidade de entender as questões, a lembrança imediata de tudo que estudou e foram relacionados à compensação pela aprovação no vestibular. Fizemos uma única sessão, que durou 70 minutos. O vestibular seria dois dias após essa sessão.

Quando tiramos a paciente do sono terapêutico, ficou sorrindo por alguns segundos e em seguida nos disse: “O que aconteceu? Parece que eu sou outra pessoa, sinto-me confiante e alegre. É como se eu já tivesse passado no vestibular.”

Não tivemos mais contato com a paciente após o vestibular, até que um dia nos ligou, gritando ao celular: “Passei, passei, passei. Obrigada, professor. Tudo que o senhor disse aconteceu. Fiquei muito calma antes e depois das provas. Lembrei-me de tudo que estudei. Muito obrigada”. A aluna foi aprovada em 40º lugar para o curso de Odontologia da UNIFAL-MG, que oferece 50 vagas.

Glenan Singi é cirurgião-dentista e professor de Fisiologia de Universidade Federal de Alfenas –UNIFAL-MG. glenansingi@uol.com.br

Fonte: http://groups.msn.com/HIPNOSECLINICA/seudepoimento.msnw?action=get_message&mview=1&ID_Message=763&LastModified=4675664789291985837

© Copyright - Hipnose e Regressão